Notícias

Pesquisa avalia a qualidade do transporte no país através de aplicativo

 

 

O Diário do Transporte e o aplicativo CittaMobi lançam nesta terça-feira, 22 de novembro, a Pesquisa Nacional de Qualidade do Transporte (PNQT). Os passageiros foram consultados por meio do aplicativo no celular e puderam relatar suas impressões sobre o sistema de transporte.

A pesquisa foi realizada em 40 cidades, que já contam com a cobertura do aplicativo. Participaram entre os dias 18 e 19 de novembro, 47.464 passageiros. Entre as localidades estão as regiões metropolitanas de São Paulo, Recife, Maceió e Salvador.

Um dos diferenciais desta inédita forma de pesquisa foi a alta taxa de respostas em pouco tempo. Em média, as respostas foram obtidas em 12 horas com tabulação automática. “O alcance da pesquisa foi surpreendente e impressionou toda a nossa equipe. Mais de quarenta e sete mil passageiros de ônibus das principais cidades brasileiras responderam esta primeira pesquisa conjunta Diário do Transporte-CittaMobi.  A qualidade dos resultados é melhor porque os participantes são os próprios passageiros, que têm condições de relatar o que pode ser melhorado no sistema de transporte”, afirma Edson Kuwabara, da Cittati, empresa que desenvolveu o CittaMobi.

O projeto piloto da função de pesquisa por meio do CittaMobi começou em Recife com a Pesquisa de Qualidade do BRT, em setembro. No sistema foram ouvidas 9.787 pessoas em 12 horas. Os resultados foram colhidos, compilados e analisados em menos de 24 horas. “A pesquisa representou mais um importante canal de conexão com o cliente. Foi possível saber do próprio passageiro suas opiniões, e a partir daí desenvolvemos ações de melhoria”, disse Niege Chaves, presidente do grupo MobiBrasil, concessionário da operação do BRT Via Livre Leste-Oeste do sistema da Grande Recife Consórcio de Transporte.

Um dos dados destacados na pesquisa de Recife mostra que a população recebe melhor os serviços de ônibus em sistemas que dão prioridade ao transporte coletivo. Tal fato pode ser um indicador para a elaboração de políticas públicas e ações prioritárias. O BRT da Grande Recife recebeu avaliação superior aos ônibus convencionais em todos os quesitos: comportamento do motorista, distância para a população chegar até os pontos, forma de direção do motorista, itinerário, limpeza e conservação.

“O cliente sabe que alguém se importa com ele e isso, além de melhorar a qualidade da prestação de serviço, também traz um ganho para a imagem institucional da empresa”, afirma Elaine Aguiar, gerente de recursos humanos da MobiBrasil.

Passageiros serão ouvidos a cada seis meses

Outro diferencial da pesquisa é a periodicidade. O Diário do Transporte e o CittaMobi vão ouvir os passageiros a cada seis meses. “Esta frequência será fundamental para se criar parâmetros e medir a evolução dos pontos destacados pelos participantes. O objetivo da pesquisa não é apontar simplesmente os problemas, mas revelar do ponto de vista do cliente o que pode ser prioritariamente melhorado. Os resultados desta primeira pesquisa serão divulgados para todos os interessados no stand da Cittati durante a FetransRio nos dias 23, 24 e 25/novembro”, finaliza Edson Kuwabara.

Fonte: Diário do Transporte.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Receba nossa newsletter!

Fique por dentro das novidades do setor.

© 2020 – Sindicato das Empresas de Transportes e Cargas de Campinas e Região – SINDICAMP – Todos os direitos reservados | Desenvolvido por PrinciWeb