Notícias

Para 54% das empresas, rodovia é pior fator do custo brasil.

A burocracia e a falta de mão de obra qualificada são grande obstáculos para a logística brasileira, mas não os principais.
54,5% dos líderes de empresas consultadas pela Fundação Dom Cabral citam “estradas em más condições” como um fator “muito importante” para a formação do custo logístico – é a resposta mais comum.
O estudo foi feito com 126 empresas que, juntas, respondem por um quinto do PIB brasileiro. 43% delas faturam mais do que 1 bilhão de reais.
62% concordam que a “melhora nas condições rodoviárias” é uma ação muito importante para resolver o problema da logística brasileira. Nesse quesito, a recomendação vencedora foi “melhor gestão das ferrovias com integração multimodal”.
Custos
A FDC nota também que o custo logístico devora 13,1% da receita bruta das empresas pesquisadas – em setores como construção, a perda ultrapassa 20%.
No total, o custo logístico do Brasil atinge aproximadamente 12% do PIB, de acordo com Paulo Resende, do Centro de Estudos para Infraestrutura e Logística de Belo Horizonte.
Na Europa, essa taxa é de 6% e nos EUA, gira em tono de 8% do PIB.
Isso significa que se tivéssemos a eficiência americana nesse campo, nossa economia ganharia 83,2 bilhões de dólares por ano.
Fonte: Exame.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Scroll Up