Notícias

Concorrência na cobrança eletrônica de pedágios diminui preços em até 67%.

Os preços dos serviços de cobrança eletrônica de pedágio das rodovias de São Paulo foram reduzidos em até 67%, após a abertura do mercado às novas empresas em todo o Estado, no ano passado. Em abril de 2013, a Artesp (Agência de Transportes do Estado de São Paulo) autorizou a terceira empresa a fazer a cobrança do pedagiamento eletrônico. Atualmente, as empresas Sem Parar, ConectCar e Dbtrans disputam a cobrança. E no dia 16 de outubro, o governador Geraldo Alckmin anunciou a entrada da quarta empresa.
Com a quebra de monopólio, a taxa de adesão da Sem Parar passou a custar R$ 40,00, oferecendo planos que vão de R$ 25,00 a R$ 125,00. Já a adesão da ConectCar custa R$ 30,00, com cargas de crédito entre R$ 20,00 e R$ 500,00. A Dbtrans também optou por plano de adesão no valor de R$ 30,00, onde o cliente pode escolher entre planos que vão de R$ 20,00 a R$ 100,00.
A abertura do mercado permitiu ainda a ampliação de serviços agregados como estacionamento, combustível entre outros, além de aumentar a base de usuários do pagamento eletrônico, que torna o serviço cada vez mais moderno e eficiente.
Fonte: SP Notícias.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Scroll Up