Notícias

Rota das Bandeiras firma parceria com a Prefeitura de Campinas para o programa Juventude Conectada.

 

O programa de inclusão digital Caia na Rede, da Concessionária Rota das Bandeiras, será disponibilizado à população de Campinas, maior cidade do Corredor Dom Pedro. O anúncio foi realizado nesta quarta-feira, dia 6, pelo prefeito Jonas Donizette, durante o lançamento do programa municipal Juventude Conectada.

Serão disponibilizadas oito salas do Caia na Rede em Campinas. A prefeitura já indicou sete locais e visitas técnicas serão realizadas neste mês de agosto para definição do oitavo espaço e início da reforma das salas. Cada unidade terá ao menos nove computadores.

O Caia na Rede é custeado pela Rota das Bandeiras, responsável pela reforma do espaço, os móveis, os computadores e a capacitação dos monitores.

O município cede o espaço para a instalação, internet e monitor. As demais salas do Juventude Conectada – serão 33 telecentros – serão equipados com recursos da Prefeitura.

No mês passado, o programa foi inaugurado em Campinas, por meio de uma parceria inédita, com o governo do Estado, que possibilitou a criação de uma sala para detentas, na penitenciária feminina. A vocação de ressocialização do Caia na Rede será mantida no acordo com a Prefeitura: um dos locais indicados para ter uma sala de aula é o Centro POP, no Centro, onde há atendimento para moradores de rua.

A parceria com a Prefeitura de Campinas também terá uma novidade: bolsistas do Juventude Conectada irão ministrar as oficinas. Além do aprendizado de informática básica, com noções de Windows, World, Excel e Internet, os alunos terão outras oficinas de cultura digital, como fotografia e webdesign. O Caia na Rede atende a toda comunidade das cidades em que está inserido, com salas dedicadas a crianças, jovens, adultos e idosos.

“É muito bem-vinda esta parceria com a Rota das Bandeiras, é a primeira vez que trazemos a iniciativa privada para um programa como esse. A gente espera que se possa ampliar ainda mais”, disse o prefeito Jonas Donizette, durante a cerimônia de apresentação da parceria, no Paço Municipal.

“É um projeto que tem muito da nossa filosofia, de estar presente no dia a dia da comunidade, participar de forma ativa. As unidades são descentralizadas, justamente para atender a diferentes públicos” destacou o diretor-presidente da Concessionária, Júlio Perdigão.

Campinas é o 15º dos 17 municípios do Corredor Dom Pedro a receber o Caia na Rede. Atualmente, são 57 salas, que beneficiam 3.783 alunos.  Até 2017, serão investidos R$ 2,4 milhões em 96 salas, que irão beneficiar 12,2 mil alunos.

O Juventude Conectada

O Juventude Conectada é uma reformulação do programa Jovem.com, criado em 2005 em Campinas. Com a nova nomenclatura, o programa será expandido. Os telecentros funcionarão em 33 endereços, nas cinco regiões da cidade.

As oficinas são ministradas por jovens bolsistas, com idades entre 15 e 29 anos. Eles recebem em torno de R$ 400 por mês e auxílio-transporte. Atuam 4h por dia, de terça a sexta-feira, nas unidades do Juventude Conectada. A segunda-feira é destinada à capacitação destes jovens, que recebem formação na área de gestão, cidadania e TI.

O programa municipal conta atualmente com 55 bolsistas, mas com a ampliação das unidades, a previsão da Prefeitura é que, no início do ano que vem, haja um processo para seleção de mais jovens bolsistas.

Fonte: Rota das Bandeiras.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Scroll Up