Notícias

Passageiros avaliam o aeroporto de Natal como o melhor do país.

 

Os 15 principais aeroportos do país foram avaliados pelos passageiros em pesquisa de indicadores de desempenho realizada pela Secretaria da Aviação Civil (SAC-PR). Em uma escala de 1 a 5, a média da nota dos aeroportos foi de 3,81. O melhor avaliado foi o de Natal que, em pesquisa feita nos últimos três meses de 2013, ocupava o 4º lugar. Por outro lado, Campinas, que era o primeiro, pulou agora para a 9ª colocação. Cuiabá voltou a ocupar o último lugar no ranking, ocupado por Guarulhos na pesquisa passada.

O primeiro levantamento de 2014 ocorreu entre os meses de janeiro e março e ouviu 18.062 pessoas. Ao todo, foram avaliados 41 itens, que vão desde o meio de transporte usado para chegar aos terminais até o atendimento recebido na imigração ou aduana.

“Com os dados coletados dos usuários, nós passamos a exigir de cada aeroporto que apresente um plano de gestão para melhorar o desempenho exatamente naquilo que o cliente está reclamando”, explica o ministro-chefe da SAC, Moreira Franco. “Nossa missão é atualizar a parâmetros do século 21 o funcionamento da aviação civil brasileira”, completou.

Quanto aos quesitos avaliados, a melhor nota foi em relação à cordialidade dos funcionários no check-in. A nota média foi 4,29. O item pior avaliado foi o valor da alimentação: nota 2,16. Congonhas recebeu a pior nota em relação ao preço da comida: 1,22. Nos aeroportos onde há lanchonete popular, a satisfação do passageiro tem melhorado. Em Curitiba, por exemplo, em um ano, a avaliação desse quesito aumentou 32%.

A pesquisa traz outras informações, como o tipo de transporte usado para chegar ao aeroporto. Cerca de 70% dos passageiros usam táxi. Outros 13% chegam de ônibus, e os demais vão em outros meios como metrô e trens. A curiosidade fica por conta de Brasília, onde 9 em cada 10 passageiros usam o táxi como meio de transporte. Quanto ao motivo da viagem, 61% estavam a lazer, 32% a negócios e 4% por outros motivos.
Acesse aqui a pesquisa
Fonte: CNT.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Scroll Up