Notícias

Obras no comércio impulsionam setor de material de construção, que tem alta de 30% nas vendas

Lojista defende que essa alta nas vendas ocorre desde julho, e é o que vem mantendo o faturamento.

Depois de faturar com reparos e pequenas reformas domésticas durante o período mais intenso da pandemia, quando boa parte da população ficou em casa, o setor de material de construção tem novo impulso nas vendas, agora por conta de melhorias, adaptações ou ampliações do comércio em geral após a retomada da economia. Na região de Campinas (SP) os lojistas registram alta de até 30% nas vendas.

O levantamento realizado pela EPTV, afiliada TV Globo, mostra que a demanda de consumidores pessoa jurídica é, em muitos casos, o que tem mantido os índices de venda de lojistas do setor.

Segundo o lojista Jhones Lima, esse impulso vem desde julho. Nos últimos três meses, a venda de materiais básicos, como tijolo e cimento, cresceu 10% em relação aos materiais de acabamento.

“O que tem salvado é a volta do comércio. A demanda por venda para CNPJ tem alavancado as vendas”, explica.
A empresária Camila Cavalcanti, por exemplo, investiu na ampliação do negócio. Em tempos de pandemia, dobrou a área de atendimento, garantindo mais espaço para os consumidores.

E o gasto em reforma, que impulsionou o setor de material de construção, também já reflete em outras áreas da economia.

“Já tinha expectativa de aumento de faturamento, o que vem acontecendo, e contratamos mais pessoas para nossa equipe”, contou.

Fonte: G1

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email