Notícias

MPF denuncia 21 suspeitos de roubar cargas de caminhões em rodovia.

21550 1 - Sindicamp

O Ministério Público Federal (MPF) divulgou nesta quarta-feira (2) que a Justiça aceitou denúncia contra 21 pessoas suspeitas de integrarem uma quadrilha especializada em roubo de carga de caminhões, em especial de veículos dos Correios com encomendas do serviço Sedex, na BR-116, em Campina Grande do Sul, na Região Metropolitana de Curitiba. Cada suspeito vai responder por, pelo menos, um crime. Entre os citados na denúncia estão, receptação qualificada, furto qualificado, roubo qualificado, associação criminosa, disparo, posse e porte de arma de fogo e corrupção de menores. O MPF não repassa detalhes do processo porque ele tramitará em segredo de Justiça.

A denúncia tem como base uma investigação conduzida em parceria pela Polícia Federal (PF) e pela Polícia Rodoviária Federal (PRF).

A quadrilha abordava caminhoneiros em postos de combustíveis, saqueava veículos que se envolviam em acidentes ou ainda utilizavam carros roubados para interceptar diretamente os carros dos Correios ou outros caminhões de carga.

Durante uma ação, denominada “Operação Mirante da Capina” porque os criminosos observavam a movimentação da rodovia e a presença policial de um mirante instalado em uma Araucária, os 21 suspeitos foram presos. Um deles, inclusive, era funcionário do Hospital Angelina Caron. Muitos dos carros, que mais tarde eram usados na abordagem aos caminhoneiros, eram roubados nas proximidades ao hospital.

De acordo com o MPF, a quadrilha era composta principalmente pode jovens com idade média de 20 anos e que residiam nas proximidades dos locais do crime. A carga roubada também era escondida em residências da região.
Fonte: Setcesp.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Scroll Up