Notícias

Logística urbana e tecnologia marcam manhã da quarta edição do Programa Inovação, realizado pelo SINDICAMP

Na manhã desta sexta-feira (25), aconteceu a quarta edição digital do Programa Inovação, Estratégia e Gestão Empresarial de 2021 com o tema “Logística Urbana: as empresas de transporte e a tecnologia orquestrando soluções”. O evento on-line contou com o maior público de todas as edições do programa, registrando um pico de 380 espectadores ao vivo, entre gestores, colaboradores e empresários do setor.

O presidente do Sindicato das Empresas de Transporte de Cargas de Campinas e Região (SINDICAMP), José Alberto Panzan, fez uma breve introdução de boas vindas aos espectadores. “Vale a pena lembrar que o nosso setor é um grande protagonista da economia e nós temos que aperfeiçoá-la cada vez mais ”, pontuou.

Em seguida, Wagner Fonseca, diretor da NETZ e mediador, apresentou os convidados Fernando Sartori, CEO da Uello; Marcos Andrade, Gerente Sênior de Marketing de Produto da Mercedes-Benz; Celso Peyerl, da Sequoia e Aline Rapassi, Gerente de Marketing de Produto e Estratégia de Rede Mercedes-Benz Vans que discorreram sobre como a tecnologia impacta diretamente em soluções de logística nos meios urbanos.

A constante evolução das megalópoles, o crescimento populacional e seu desenvolvimento sócio-econômico, despertaram, entre outros aspectos, a consciência da população para a importância do transporte urbano de cargas. Visto isso, debates como o realizado nesta sexta-feira fomentam e incentivam alternativas que visam a otimização de processos e o melhor atendimento ao consumidor final.

Dentro desse contexto, a logística urbana é a grande responsável por este processo, sendo responsável pela qualidade, velocidade e o menor custo da operação. Para que isso aconteça, é preciso gerenciar os mais modernos instrumentos tecnológicos e possuir pessoal e parceiros qualificados para vencer, dentre outras coisas, as crescentes barreiras da fluidez das cidades.

Para Celso Peyerl, “A tecnologia não é um investimento pontual nas empresas. A tecnologia é uma jornada, e ela deve ser feita de forma gradual e constante em todo o percurso da companhia. A tecnologia deve estar na estratégia empresa”, comentou. 

Dentre inúmeras pautas que foram debatidas, a entrega de cargas e o e-commerce foram dois dos pontos fortes do encontro. O CEO da Uello, Fernando Sartori, falou um pouco sobre o papel das startups nos processos tecnológicos de otimização da logística, reiterando a importância de uma empresa ter a tecnologia sempre de mãos dadas com a operação: “Esse é o futuro! Não dá para você fazer operação sem utilizar tecnologia para automatizar e tornar processos cada vez mais fluidos”.

 

 

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email