Notícias

Falta de atenção é maior causa de acidentes com caminhões.

1800 - Sindicamp

Quase 35% dos acidentes com caminhões nas estradas federais acontecem devido à falta de atenção dos condutores. Os números são do Atlas da Acidentalidade do Transporte Brasileiro, realizado pelo “Programa Volvo de Segurança no Trânsito (PVST)”.  Segundo o levantamento, das 62.851 ocorrências com este tipo de veículo em 2012, um total 21.860 acidentes foram ocasionados devido a esse fator.

Não guardar distância segura do veículo da frente (5.917), rodar com velocidade incompatível à estabelecida (5.368), defeitos mecânicos (3.531), desrespeito à sinalização (2.150), dormir ao volante (2.093), realizar ultrapassagens indevidas (2.036), dirigir sob efeito de álcool (1.286), animais na pista (960) e defeito na via (688) são os outros principais motivos de acidentes nas rodovias federais. O levantamento ainda verificou que outros motivos (não relacionados no estudo) são responsáveis por 16.962 acidente.

De acordo com a análise, as sextas e quintas-feiras são os dias em que mais ocorrem acidentes com caminhões – reunindo 17% das ocorrências, cada dia.

Em seguida aparecem a quarta-feira (16%), terça-feira (15%), segunda-feira (14%), sábado (13%) e domingo (8%).

O levantamento indicou ainda que as estradas de Minas Gerais são as mais perigosas para trafegar. Durante 2012, 10.273 acidentes com caminhões acontecem nas rodovias federais que cortam o Estado. As vias do Paraná aparecem em segundo lugar no ranking, com 7.020 ocorrências, seguidas pelas estradas do Rio de Janeiro (6.019), Santa Catarina (5.383) e São Paulo (5.637)

O estudo foi produzido a partir da análise estatística do banco de dados dos acidentes registrados pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) entre 2008 e 2012, nas 103 rodovias federais que cortam o País.
Fonte: O carreteiro.
 

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Scroll Up