Notícias

SP adere a programa internacional de segurança em estradas

Com o novo sistema do governo Tarcísio, as estrada serão classificadas por pontuação, variando de 1 (pouco segura) a 5 (muito segura)

 

governo do estado de São Paulo anunciou, nesta quinta-feira, 23, sua adesão ao International Road Assessment Program (iRAP), um programa internacional de avaliação da segurança nas estradas. Essa iniciativa tem como objetivo melhorar as condições de tráfego e reduzir acidentes.

A metodologia da iRAP é utilizada em 126 países e agora será aplicada em São Paulo. Através desse programa, as rodovias serão classificadas por um sistema de pontuação por estrelas, variando de 1 (pouco segura) a 5 (muito segura). Essa classificação ajudará a determinar as medidas e melhorias necessárias para aumentar a segurança viária.

Além disso, as estrelas também indicarão individualmente se as rodovias são seguras para veículos, motociclistas, pedestres e ciclistas. Essa abordagem diferenciada permitirá um planejamento mais específico para cada tipo de usuário das estradas.

 

Parceria do governo do Estado

Essa adesão ao sistema de classificação é a primeira parceria do tipo adotada por um governo estadual no país. O governador Tarcísio de Freitas (Republicanos), que anteriormente ocupava o Ministério da Infraestrutura no governo Jair Bolsonaro, já havia aplicado essa metodologia em mais de 54 mil quilômetros de rodovias federais.

No estado de São Paulo, o Departamento de Estradas de Rodagem (DER) será responsável por adequar as rodovias ao sistema de avaliação de segurança do iRAP. Essa iniciativa se somará às informações do Anuário Rodoviário de Acidentes 2023, elaborado pelo DER, que contém estatísticas e dados sobre acidentes na malha viária estadual ao longo do ano passado. Esse anuário foi publicado no início deste mês, após um intervalo de nove anos sem sua divulgação.

 

Como funciona o sistema de segurança nas estradas

Com essa nova adesão ao iRAP e a disponibilidade de informações atualizadas sobre acidentes nas estradas do estado, espera-se que medidas efetivas sejam tomadas para melhorar a segurança viária em São Paulo.

A adoção desse programa internacional e o comprometimento do governo estadual em investir em segurança são passos importantes para garantir um trânsito mais seguro e reduzir o número de acidentes nas estradas paulistas.

Fonte: O Antagonista

Compartilhe: