Notícias

Ipem identifica irregularidades em 25% dos tacógrafos vistoriados.

 

Uma fiscalização do Instituto de Pesos e Medidas do Estado de São Paulo (Ipem) identificou irregularidades em 12 dos 48 veículos inspecionados, em Dracena, ou seja, 25% do total. A ação, realizada na quinta-feira (15), ocorreu na Rodovia Comandante João Ribeiro de Barros (SP-294), com o apoio do Departamento de Estradas e Rodagens (DER).

Conforme o órgão, em todos os casos os veículos estavam sem a verificação e certificação do equipamento. Os responsáveis pelos automóveis com irregularidades foram autuados e têm o prazo de até dez dias corridos para apresentar defesa junto ao Ipem. A multa pode variar de R$ 768 a R$ 5 mil.

Na ocasião, fiscais examinaram o tacógrafo de veículos de transporte com peso bruto acima de 4.536 quilos (caminhões de carga em geral ou de produtos perigosos). A ação integra a operação que ocorreu em todo Estado para identificar se os instrumentos estão de acordo com a legislação.

Tacógrafo

Considerado a “caixa preta” de caminhões, ônibus e vans escolares, o cronotacógrafo registra informações do percurso, tais como velocidade desenvolvida pelo veículo, distância percorrida e o tempo de direção sem paradas, além de permitir a elaboração de laudos técnicos em caso de acidentes.
Fonte: Fetcesp.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email