Notícias

Cresce o número de mulheres empreendedoras no Estado de São Paulo

Entre 2019 e 2022, quantidade de pessoas do sexo feminino que começaram a trabalhar por conta própria em todo território paulista passou de 1,7 milhão para 2,1 milhões

Um recente estudo da Fundação Seade (Sistema Estadual de Análise de Dados), do governo de São Paulo, revelou um aumento notável no número de mulheres empreendedoras no Estado. Nos últimos três anos, houve um crescimento de cerca de 25% no número de mulheres que optaram por trabalhar por conta própria, passando de 1,7 milhão em 2019 para 2,1 milhões em 2022. São Paulo desponta como líder nesse cenário, contabilizando a maior quantidade em termos absolutos. Aproximadamente uma em cada quatro empreendedoras no Brasil reside em alguma cidade paulista, representando um contingente de 2,4 milhões no total nacional.

Analisando a faixa etária, observa-se que a maioria está na faixa dos 35 aos 44 anos, com um total de 672,7 mil mulheres nesse grupo. Em seguida, estão as mulheres entre 45 e 54 anos, somando 524 mil empreendedoras. Em consonância com a tendência nacional, o setor de serviços é o mais procurado pelas paulistas, abarcando 64% do total de 2,4 milhões nessa área. O setor de comércio também se destaca, com mais de 500 mil mulheres atuando nesse ramo. Além disso, a análise demográfica da Fundação Seade revelou que as mulheres representam atualmente 23,1 milhões da população de São Paulo, o que corresponde a mais da metade do total no Estado (51,9%) e 21% da população feminina brasileira. Isso significa que aproximadamente um quinto de todas as mulheres no Brasil reside em São Paulo.

 

 

Fonte: Jovem Pan / Foto: Divulgação

Compartilhe: