Notícias

Como Campinas ajudará a BYD a bater sua meta de reduzir a temperatura global em 1ºC

A cidade de Campinas (SP) vem se destacando no cenário tecnológico nacional com uma série de iniciativas, e a mais nova delas, o novo Laboratório de Pesquisa e Desenvolvimento da montadora chinesa BYD, promete alçar o município ao status de hub da energia verde.

O laboratório, que representa um investimento adicional de R$ 6 milhões em um fluxo que totaliza mais de R$ 65 milhões no setor fotovoltaico no Brasil, posiciona o país como pioneiro na América Latina em estudar todo o ciclo de produção dos módulos fotovoltaicos, desde o beneficiamento do minério de silício até a produção final.

A cerimônia de inauguração, prestigiada por autoridades do governo municipal, estadual e federal, além de altos executivos da BYD, evidenciou o comprometimento da empresa e do poder público com a inovação e sustentabilidade. Stella Li, vice-presidente executiva global da BYD, e Tyler Li, CEO da BYD Brasil, estavam entre os notáveis presentes.

O evento também contou com a participação do prefeito de Campinas, Dário Saad, e do vice-governador de São Paulo, Felício Ramuth. O Brasil 247 cobriu o evento e teve acesso às novas instalações.

Stella Li, em seu discurso, enfatizou o esforço da BYD em trazer tecnologia avançada para o Brasil, com o objetivo de enriquecer a produção local. Ela destacou o plano ambicioso da BYD de se tornar a principal fabricante de painéis solares no Brasil.

Além disso, Li salientou a meta da empresa de reduzir a temperatura global em 1ºC, a colaboração com universidades locais e a transformação da região de Campinas e Camaçari, onde a BYD terá sua fábrica de EVs, em “Vales do Silício” brasileiros. Ela ressaltou a visão da empresa em criar um ciclo completo, que abrange desde a fabricação de painéis solares e baterias até a produção de veículos elétricos.

O prefeito Dário Saad destacou como o “ecossistema de inovação de Campinas atrai empresas de alto nível”, colaborando com a sustentabilidade e o desenvolvimento tecnológico, exemplificado pela presença da BYD.

Já Felício Ramuth, ex-prefeito de São José dos Campos, mencionou a vanguarda da cidade na adoção de veículos elétricos (EVs) e a importância de nacionalizar essas tecnologias.

Fonte: Brasil 247/ Foto: Reprodução

Compartilhe: