Notícias

Venda de implementos rodoviários empata com números de 2019

Em 2020, apesar da brusca queda nas vendas de caminhões e implementos rodoviários entre abril e junho, o número total de unidades vendidas ficou praticamente empatado com total emplacado em 2019. De acordo com dados disponibilizados hoje pela Anfir – ANFIR-Associação Nacional dos Fabricantes de Implementos Rodoviários, as vendas totais em 2020 foram de 121.891 unidades.

Em 2019, as vendas ficaram em 120.962 unidades. Isso mostra que as vendas cresceram 0,77% no ano passado. Os implementos pesados, do tipo reboques e semirreboques, tiveram uma alta um pouco maior, de 6,16%. Foram emplacados 67.403 implementos do tipo no ano passado, ante 63.494 unidades em 2019.

As carrocerias leves, do tipo carroceria sobre chassis, tiveram retração de 5,19% nas vendas no ano passado. Foram registradas 54.488 unidades vendidas em 2020, ante 57.468 de 2019.

As exportações também caíram, 12,94%. Foram enviados para outros países, 2.099 implementos no ano passado. Em 2019 foram 2.411.

“O resultado mostra como o mercado reagiu em alguns segmentos cujo resultado foi a estabilização das perdas de forma geral”, analisa Norberto Fabris, presidente da Anfir.

Para a entidade, a recuperação se deu, principalmente, pelo bom desempenho de setores como agronegócio, responsável por mais de 40% dos negócios no segmento Pesado; construção civil, com a retomada de lançamentos residenciais e obras de infraestrutura; e transporte de remédios e alimentos foram os principais responsáveis pela recuperação da indústria.

“No próximo ano, a expectativa é que mais segmentos se juntem a esses pilares da recuperação do setor e também reajam positivamente. Esperamos registrar em 2021 crescimento entre 8% e 10%”, finaliza Fabris.

 

Fonte: Blog do Caminhoneiro

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email