Notícias

Transpetro lança ao mar o décimo navio

 

A Transpetro, nesta sexta-feira (28/2), lançou ao mar o navio Irmã Dulce, a décima embarcação do Promef (Programa de Modernização e Expansão da Frota) a atingir essa fase em um prazo de quatro anos. O navio é o segundo de uma série de quatro petroleiros do tipo panamax que serão batizados em homenagem a mulheres que ajudaram a construir a História do Brasil. O primeiro foi o Anita Garibaldi, que está na fase de acabamentos no mesmo estaleiro.

O navio foi transferido ao cais do estaleiro, onde passará por acabamentos antes da entrega à Companhia para o início das operações. Logo depois do lançamento do petroleiro, foi realizado o batimento de quilha do terceiro navio da série de quatro panamax encomendados pelo Promef. Utilizados para o transporte de petróleo e derivados escuros, os navios desse tipo têm 228 metros de comprimento e capacidade de transportar 90,2 milhões de litros.

“Com a décima embarcação do Promef lançada ao mar, conseguimos mostrar que a indústria naval brasileira alcança, cada vez mais, o patamar da produtividade e da produção em série. O Promef garante a encomenda de navios no Brasil e o conteúdo nacional mínimo de 65%. Agora, estamos perseguindo a competitividade internacional para colocar de novo o nosso País na posição de player mundial na produção de navios”, afirma o presidente da Transpetro, Sergio Machado.

O Promef, com investimento de R$ 11,2 bilhões na encomenda de 49 navios e 20 comboios hidroviários, impulsionou a reconstrução da indústria naval brasileira.

Fonte: Transporta Brasil

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Scroll Up