Notícias

Programa de concessões do MInfra é destaque em webinar voltado a investidores

1228112f 90b6 400e a5cc bd22beb0916d - Sindicamp

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, destacou o programa de concessões do Governo Federal e as obras entregues pela Pasta em 2020, durante participação, através de videoconferência, na 11ª Edição da Conferência Itaú Macro Vision, nesta quinta-feira (5). O evento é voltado para investidores brasileiros e estrangeiros.

Durante painel mediado por Marcelo Girão Carneiro, executivo do Itaú BBA, Tarcísio reforçou a meta da Pasta de chegar a 2022 com um total de investimento de R$ 250 bilhões em projetos de melhorias para o país em rodovias, portos, ferrovias e aeroportos.

“Já realizamos 32 leilões até aqui e temos quase 40 projetos em apreciação junto ao Tribunal de Contas da União. Pelas ações preventivas do Governo, não paramos de trabalhar na pandemia e já entregamos 76 obras até aqui, em 2020”, explicou.

Tarcísio de Freitas ainda salientou os próximos passos do MInfra, com o leilão de mais quatro terminais portuários que acontecerá em dezembro, o plano de desestatização da Codesa e a continuidade no processo para relicitação da Dutra, em andamento.

Sobre os desafios envolvendo ferrovias, o ministro falou do leilão bem sucedido da Norte-Sul, o trabalho que acontece na Oeste-Leste, as melhorias na Malha Sul, os detalhes da Centro-Oeste e a importância da Ferrogrão. “Hoje, o Brasil produz 65 milhões de grãos em nove milhões de hectares. A previsão é que estará produzindo 120 milhões de grãos até 2028. Provavelmente, quando a Ferrogrão já estará em operação e será importantíssima para escoar tudo isso”, afirmou Tarcísio.

Assessoria Especial de Comunicação
Ministério da Infraestrutura

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Scroll Up