Notícias

Porto de Santos testa sistema que evita filas na chegada dos caminhões.

 

Mesmo com o crescimento da exportação, os Portos de Paranaguá e Santos não registraram filas este ano. No caso de Santos, deixar para trás uma história de congestionamentos é uma novidade.

As pistas tranquilas nem parecem da rodovia que recebeu a última safra. No ano passado, a fila de caminhões para descarregar no Porto de Santos era imensa. Chegou a passar de 50 quilômetros.

A mudança se deve principalmente a uma nova forma de chegada da carga. Desde janeiro desse ano a data para descarregar no terminal é agendada pela internet. “A viagem vem certinha, bem programada. Chega ali e tem o horário de você vir para cá, não igual a gente ficava aí na rodovia parado. Cheguei a ficar dois dias de lá para cá. Com o agendamento ficou mais fácil”, garante Oseias Ornelas, caminhoneiro.

Quem chega antes espera em um dos pátios de triagem. São três pátios, com duas mil vagas ao todo. A ideia é não parar nas estradas e seguir em direção ao terminal só quando tiver a liberação. Foi o que fez o caminhoneiro Francisco da Costa, que chegou com farelo de soja de Alto Araguaia, Mato Grosso.

“Você chega praticamente no horário certo. Primeiro você chegava e ficava dois dias no pátio para depois ir para a descarga mais um dia. Está se encaixando e está ficando bom”.

O grande teste para a medida foi entre os meses de março e abril, quando, segundo o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio, foi registrado o pico do escoamento da safra de grãos. “O processo funcionou muito bem este ano, ainda com um sistema preliminar, que é um sistema só de controle de agendamentos. A partir deste ano a gente começa a implementar o sistema definitivo, que chama portolog, que vai ter muito mais automação. Nós vamos conseguir, inclusive, acompanhar onde o caminhão está, da saída da fazenda até o porto”, explica Angelino Caputo, presidente da Codesp.

O Porto de Paranaguá já faz o agendamento eletrônico desde 2011.
Fonte: Globo Rural.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email