Notícias

Por sugestão da CNT, deputado Bismarck apresenta emenda de medida provisória sobre renovação de frota

A renovação dos veículos auxilia nas boas práticas ambientais e na segurança viária

Buscando um transporte mais eficiente e menos poluente, a CNT (Confederação Nacional do Transporte) sugeriu ao deputado federal Eduardo Bismarck (PDT/CE) a apresentação de uma emenda à MPV (Medida Provisória) 1.205/2023, com objetivo de viabilizar a renovação da frota brasileira de veículos. O parlamentar acatou a sugestão e a emenda foi apresentada na última quarta-feira (7).

A inciativa surgiu de uma demanda apresentada pela Seção do Transporte rodoviário de Passageiros da CNT. A Confederação atua, ativamente, pela implementação de práticas ambientalmente responsáveis para fortalecer ainda mais a atuação responsável das transportadoras. Nesse sentido, a entidade considera que essa é uma medida, de renovar a frota de veículos destinados ao transporte de cargas e passageiros no Brasil, que pode ajudar fundamentalmente nessa missão, além de contribuir para a segurança nas vias.

O texto da Medida Provisória determina que o BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) priorize a concessão de financiamento da compra de veículos com tecnologias de tração de baixo carbono e equipamentos de maior eficiência energética e/ou redução de emissões de carbono com tração; a substituição de veículos destinados à prestação de serviços a terceiros com mais de 10 anos de circulação e com uso de tecnologia de combustível abaixo do Sistema Euro 5.

O texto ainda prevê que o BNDES credencie empresas de desmanche e reciclagem para que os veículos trocados sejam enviados para esse fim e possam gerar crédito a ser usado na aquisição de novos ônibus ou caminhões.

Fonte: CNT

Compartilhe: