Notícias

PIB brasileiro cresce 2,2% nesta década, economia mundial avança 30,5% no mesmo período

O crescimento da economia brasileira não acompanhou a expansão mundial nos últimos 40 anos e a disparidade foi ainda mais acentuada na última década. Entre 2011 a 2020, o PIB (Produto Interno Bruto) brasileiro cresceu 2,2%, considerando a projeção de queda de 4,5% neste ano, conforme projeção do Ministério da Economia.

De acordo com a Folha de S.Paulo, no mesmo período, segundo cálculos do FMI (Fundo Monetário Internacional), o PIB global vai apresentar expansão de 30,5%. Vale lembrar que o cálculo considera também recuo semelhante ao brasileiro em 2020.

Nesta década, revela a reportagem, o Brasil perdeu terreno também entre as economias emergentes e pobres. Nestes países, a expansão prevista entre 2011 e 2020 é de 47,6%. Nos países ricos, a alta conjunta estimada será de 11,5%.

Recentemente a OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico) divulgou suas projeções para a economia nacional. Na ocasião, constatou que a recessão causada pelos impactos da pandemia de covid-19 deve fazer o PIB brasileiro recuar 5% neste ano. De acordo com o Relatório Econômico de 2020 sobre o Brasil, a entidade espera um crescimento de 2,6% em 2021 e de 2,2% em 2022.

As projeções da OCDE são um pouco mais pessimistas que as do mercado e do próprio governo. A equipe econômica projeta uma retração de 4,5% no PIB deste ano, com uma recuperação de 3,20% em 2021 e de 2,50% em 2022. Já no último Relatório Focus, os analistas consultados pelo Banco Central esperam um recuo de 4,41% no PIB em 2020 e crescimento de 3,50% em 2021 e 2,50% em 2022.

 

Fonte: MSN

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Scroll Up