Notícias

Sem20tC3ADtulo2.jpg

IR 2020: RECEITA FEDERAL ESPERA 43% DAS DECLARAÇÕES PREVISTAS NA REGIÃO DE CAMPINAS A 20 DIAS PARA FIM DE PRAZO; VEJA COMO FAZER

A Receita Federal espera 43% das declarações do Imposto de Renda 2020 previstas para a região de Campinas (SP), a 20 dias para término do prazo de entrega. O balanço inclui dados de 31 municípios da área de cobertura do G1 Campinas, e considera 476,9 mil registros feitos por contribuintes e contabilizados entre os dias 2 de março e 8 de junho. Confira abaixo calendário de restituições.
Neste ano, o órgão espera 835,8 mil declarações e ela é obrigatória para quem recebeu rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 durante 2019. Inicialmente, o prazo seria encerrado em 30 de abril, mas foi adiado para 30 de junho por causa de reflexos da pandemia do novo coronavírus.
Quem fizer após o cronograma estipulado pela Receita Federal terá que pagar multa.
Maior cidade da região, Campinas tem 182,6 mil declarações registradas pelo sistema da Receita, total que representa 53,5% das 340,9 mil aguardadas pelo órgão ligado ao Ministério da Economia.
Veja os riscos de deixar para enviar a declaração do IR 2020 na última hora.

Fonte: Receita Federal.

Como fazer a declaração?
No início de março, a Receita liberou o programa do IRPF 2020 para download (veja abaixo link). Do computador, o contribuinte pode baixar os programas do Windows, Multiplataforma (zip) e Outros (Mac, Linux, Solaris). Para os celulares, os programas estão disponíveis para Android e IOS.
• Faça o download do programa do IRPF 2020;
• Programa é o mesmo para as duas formas de tributação (deduções legais ou desconto simplificado);
• Contribuinte pode fazer a importação de dados de 2019 para facilitar o preenchimento;
• Importação de dados substitui eventuais dados já digitados na declaração de 2020.
• Caso a última declaração tenha sido retificada, é preciso substituir pelo número do recibo da última retificadora online;
Calendário de restituições
O pagamento das restituições será feito em cinco meses, e não em sete como anos anteriores. O 1º lote foi pago em 29 de maio e consultas podem ser feitas no site da Receita, telefone 146 e aplicativo.
• 2º lote: 30 de junho de 2020
• 3º lote: 31 de julho de 2020
• 4º lote: 31 de agosto de 2020
• 5º lote: 30 de setembro de 2020
Os contribuintes que enviarem a declaração no início do prazo, sem erros, omissões ou inconsistências, também receberão mais cedo as restituições do Imposto de Renda. Idosos, portadores de doença grave e deficientes físicos ou mentais têm prioridade.
Fonte: G1 Campinas e Região.
 

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email