Notícias

Hub de Inovação do SINDICAMP e Hackathon marcam a manhã do primeiro Programa Inovação de 2021

Na manhã da última sexta-feira (12), aconteceu a primeira edição digital do Programa Inovação, Estratégia e Gestão Empresarial de 2021 com o tema “Que tal, para iniciar, uma maratona de tecnologia?”. O evento on-line contou com mais de 200 espectadores, entre gestores, colaboradores e empresários do setor. 

O presidente do Sindicato das Empresas de Transporte de Cargas de Campinas e Região (SINDICAMP), José Alberto Panzan, fez uma breve reflexão sobre o último ano e os próximos passos da entidade. “Tivemos várias surpresas, e um ano conturbado. Hoje, conhecemos um pouco mais as dificuldades e estamos aprendendo a nos reinventar, nos adaptando a novas tecnologias. O SINDICAMP continua na busca de poder prover os seus associados as melhores técnicas de gestão e dar todo o suporte necessário para o sucesso de seus negócios”, completou. 

Em seguida, o presidente convidou a Coordenadora da COMJOVEM Campinas, Rafaela Cozar, para falar um pouco sobre o papel feminino no transporte de cargas. “Temos visto uma evolução muito grande das mulheres no transporte rodoviário de cargas. A ideia é que a gente traga essa complementação entre homens e mulheres no setor”, apontou. 

Para dar início ao evento, Wagner Fonseca, diretor da NETZ e mediador, apresentou os convidados da Equipe de Big Data CNT, composta por Lorraine Patiele, Kleyson Morais, Paulo Atavila e Felipe Reis, o Diretor Executivo da CNT, Bruno Batista, o CEO da UPAYA Desenvolvimento Corporativo, Cileneu Nunes, que discorreram sobre as etapas e desafios no processo de elaboração da maratona tecnológica. 

 

O “Hackathon” 

Após uma visita da equipe da Confederação Nacional do Transporte (CNT), ao Vale do Silício em 2017, foi desenvolvido um método tecnológico de aprimoramento na coleta dos dados para a Pesquisa de Rodovias, denominado Hackathon. 

“Voltamos com a cabeça em ebulição, e então, começamos a discutir possibilidades de trazer as tecnologias para o Brasil, pensando em evoluir com um trabalho de crítica interna. Começamos a vislumbrar possibilidades de incorporar tecnologias a pesquisa CNT e decidimos criar o Hackathon”, conta Bruno. 

A maratona recebeu mais de 500 inscrições, e com 27 times formados, iniciaram a elaboração e solução dos desafios. O time vencedor, mostrou na habilidade dos dados, um grande diferencial, segundo seu coordenador. “Muitas pessoas não entendiam o problema, mas em poucos dias com trabalho intenso conseguiram entender e desenvolverem soluções muito criativas. É uma fórmula que podemos reproduzir em outras empresas”, aponta Cileneu.  

“Assim que o edital foi lançado já tínhamos uma ideia básica sobre o que a CNT queria. Foi muito importante conversar com os mentores, assim tivemos uma visão do negócio, e além disso, conseguimos falar com os pesquisadores de campo da CNT”, conta Felipe, integrante da equipe vencedora. 

 

A Novidade 

Nos minutos que antecediam o encerramento, o presidente da Entidade retornou ao evento acompanhado de Rafaela Cozar, para apresentar ao espectador o novo projeto de tecnologia do SINDICAMP. 

“A ideia do projeto é justamente mostrar que a inovação é mais acessível do que a gente imagina. O transporte vem se transformando ao longo dos anos e nós precisamos de ferramentas para poder continuar competitivos no mercado e nós entendemos que só podemos fazer isso com gestão e inovação.”, completa a coordenadora. 

O SINDITECH é uma iniciativa do SINDICAMP em parceria com a COMJOVEM Campinas, ainda sem data de lançamento nas plataformas digitais. 

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Scroll Up