Notícias

Grupo preso em MT roubou mais de R$ 1 milhão em defensivos agrícolas.

 

As quatro pessoas presas na operação ‘Tesouro’, da Polícia Civil, são suspeitas de roubar mais de R$ 1 milhão em defensivos agrícolas, de acordo com a investigação da instituição. A quadrilha já era monitorada desde um assalto em 2013, no Distrito de Tesouro, em Guiratinga, a 334 km de Cuiabá.

Os quatro suspeitos foram detidos nesta semana na operação que ocorreu nas cidades de Guiratinga, Rondonópolis e Juscimeira. Um homem que seria um dos articuladores do esquema está foragido. Outro que foi preso já foi morador de Guiratinga e ele seria o responsável por passar as informações das propriedades, já que conhecia a região. Segundo a Polícia Civil, a quadrilha cometeu três roubos entre dezembro de 2013 e abril de 2014, todos em propriedades rurais de Guiratinga.

O suspeito que está foragido teria participação em homicídios, além de roubos de caminhonetes que foram levadas para a Bolívia e Paraguai. Mesmo sem confirmação a polícia acredita que os veículos eram trocados por entorpecente.

Pela investigação da polícia, as cargas de defensivos eram trocadas ou vendidas por veículos, armas, barcos, equipamentos eletrônicos, outros acessórios, além da comercialização clandestina. Para a polícia, os produtos eram guardados e posteriormente revendidos, como se fossem legais, para produtores rurais da mesma região ou de outras localidades.

Uma carga de 375 caixas de defensivos agrícolas foi apreendida escondida em uma casa de alvenaria, em um assentamento rural em Juscimeira. Além das prisões foram feitos oito mandados de busca e apreensão, que resultaram na apreensão de cinco veículos, uma pistola, celulares e notebooks.

Após a prisão da quadrilha a polícia descobriu que o grupo planejava fazer dois roubos: um de defensivos e outro de gado, em duas fazendas da região de Guiratinga. “Eles já tinham contratado o caminhão para carregar o produto e o gado”, disse a delegada Ligia Pinto Silveira.

Roubos

O primeiro roubo cometido pela quadrilha foi feito em dezembro de 2013, em uma fazenda no Distrito de Tesouro, em Guiratinga. Na ocasião 15 suspeitos armados invadiram uma fazenda e renderam funcionários da propriedade. Do local eles roubaram R$ 600 mil em produtos agrotóxicos, além de um carro e uma arma.

O segundo roubo foi praticado em janeiro de 2014 em uma fazenda da cidade. Da propriedade a quadrilha levou R$ 300 mil em defensivos agrícolas. O terceiro ocorreu no dia 5 de abril, quando o grupo levou um lote de R$ 200 mil em agrotóxicos. A carga do último roubo foi recuperada no assentamento de Juscimeira.
Fonte: G1.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Scroll Up