Notícias

Governo estuda como acelerar o investimento em infraestrutura

 

O governo federal estuda como acelerar o investimento em infraestrutura. Ampliar e integrar rodovias, ferrovias e portos com investimento privado é o sonho do setor produtivo e também um plano do governo federal.

Em 2012, foi lançado o Programa de Investimentos em Logística, que projetou fazer concessões de 7,5 mil km de rodovias e 10 mil km de ferrovias.

Das ferrovias, nada saiu do papel ainda. O que andou foi o programa das rodovias.

Atualmente estão em estudos para a concessão trechos de quatro rodovias federais. Um na região Sul, dois no Centro-Oeste e outro que vai do Centro-Oeste à região Norte. Tudo para ajudar no escoamento da produção agrícola.

A previsão é que os leilões saiam no segundo semestre deste ano, mas antes mesmo dos leilões, já no mês que vem, o governo vai começar a analisar 17 novos trechos rodoviários para conceder à iniciativa privada.

Também está em fase de estudo a privatização de oito ferrovias com participação da iniciativa privada, mas ainda sem prazo para leilão.

No caso das estradas de ferro, a equipe econômica diz que haverá uma reavaliação do modelo para tornar as obras mais atrativas para o mercado.

“O objetivo hoje, pelo menos que eu entendo e interpreto do governo, é exatamente de um lado fazer com que o setor privado invista mais e de outro lado que o setor privado financie mais”, aponta o consultor Cláudio Frischtak.

Para o professor Paulo Resende, especialista em planejamento de transporte e logística, os investidores estrangeiros estão cautelosos e considerem instável a atual situação do Brasil.

“Eu sempre defendi que, se nós fizéssemos um ambiente onde as regras de mercado fossem jogadas com a máxima transparência possível, eu acredito que as tarifas, inclusive, seriam menores do que são hoje”, diz Paulo Resende, doutor em planejamento de transporte.

Fonte : G1

Compartilhe:

Receba nossa newsletter!

Fique por dentro das novidades do setor.

© 2022 – Sindicato das Empresas de Transportes e Cargas de Campinas e Região – SINDICAMP – Todos os direitos reservados | Desenvolvido por PrinciWeb