Notícias

Governo avalia plano de renovação de frota de vagões e locomotivas.

Segundo Tólio Edeo Ribeiro, coordenador geral do MDIC (Ministério de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior), o governo federal está examinando a proposta de renovação de frota de vagões e locomotivas feita pela Abifer (Associação Brasileira da Indústria Ferroviária) e ANTF (Associação Nacional de Transportadores Ferroviários).
As concessionárias deixam de recolher as taxas de arrendamento e os recursos vão para o programa de substituição de 1.429 locomotivas e 40.700 vagões obsoletos. Com um programa de renovação de longo prazo, o mercado de vagões e locomotivas poderia regularizar, eliminando os picos e quedas na produção, protegendo os empregos.
Pronunciamento ocorreu nesta semana, durante a Rail Brazil Tech & Business Summit. Na ocasião, em palestra sobre Política Industrial para o setor Metroferroviário, Ribeiro também apresentou as políticas de incentivos à indústria ferroviária e à infraestrutura. Apontou as medidas de apoio ao setor como o PAC das Ferrovias, o PIL (Programa de Investimentos em Logística), o PAC da Mobilidade Urbana e as linhas de financiamento para fabricantes de implementos e para transportadores ferroviários de passageiros, como Finame.
O coordenador também citou as margens de preferência prevista no Decreto 7.813/2012 e o conteúdo local, que o governo pode exigir dos fabricantes visando proteger a indústria nacional.
Fonte: Portal Log Web.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Scroll Up