Notícias

FMI: Brasil é a maior economia latina e está de volta ao top 10 mundial

Projeção do FMI coloca Brasil no ranking de 10 maiores economias do mundo

 

O Brasil, o México e a Argentina são as maiores economias da América Latina, de acordo com projeções do Fundo Monetário Internacional (FMI) para o Produto Interno Bruto (PIB) dos países em 2023. Os dados são do mais recente World Economic Outlook, relatório elaborado pela entidade.

No topo da lista, o Brasil aparece com PIB estimado em US$ 2,13 trilhões. O México ocupa o segundo lugar, com o PIB estimado em US$ 1,81 trilhão, e a Argentina aparece em terceiro, com PIB previsto de US$ 621,83 bilhões.

A projeção do FMI também indicou que o Brasil voltou para o ranking de 10 maiores economias de todo o mundo em 2023, em nono lugar, ultrapassando o Canadá, que teve o PIB previsto em US$ 2,12 trilhões (veja as 10 maiores economias do mundo).

Saiba abaixo quais são as 20 maiores economias da América Latina em 2023, segundo projeção do FMI.

  1. Brasil: US$ 2,13 trilhões
  2. México: US$ 1,81 trilhão
  3. Argentina: US$ 621,83 bilhões
  4. Colômbia: US$ 363,84 bilhões
  5. Chile: US$ 344,4 bilhões
  6. Peru: US$ 264,64 bilhões
  7. República Dominicana: US$ 120,63 bilhões
  8. Equador: US$ 118,69 bilhões
  9. Porto Rico: US$ 117,52 bilhões
  10. Guatemala: US$ 102,77 bilhões
  11. Venezuela: US$ 92,21 bilhões
  12. Costa Rica: US$ 85,59 bilhões
  13. Panamá: US$ 82,35 bilhões
  14. Uruguai: US$ 76,24 bilhões
  15. Bolívia: US$ 46,8 bilhões
  16. Paraguai: US$ 44,14 bilhões
  17. El Salvador: US$ 35,34 bilhões
  18. Honduras: US$ 33,99 bilhões
  19. Trinidad e Tobago: US$ 27,89 bilhões
  20. Haiti: US$ 25,99 bilhões

Fonte: O Tempo/ Foto: Reprodução/ SoCientífica

Compartilhe: