Notícias

Exportações do complexo soja em SP superam carnes e sucos

Embarques do agro de São Paulo representaram 16,4% do agronegócio brasileiro entre janeiro e outubro deste ano

O agronegócio paulista registrou superávit de US$ 18,59 bilhões no período de janeiro a outubro deste ano, um aumento de 6,5% em relação ao mesmo período do ano passado.

Os dados são do Instituto de Economia Agrícola (IEA), da Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA), ligada à Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo.

Essa marca é resultado do aumento de 5,1% nas exportações, alcançando US$ 22,85 bilhões, e da redução de 0,7% nas importações, totalizando US$ 4,26 bilhões. As exportações do agronegócio paulista representam 39,2% entre todos os setores, enquanto a participação das importações é de 7%.

Os resultados, segundo o IEA-APTA, indicam que as exportações e o saldo do agro paulista poderão ultrapassar os valores recordes (US$ 25,98 e US$ 20,89 bilhões, respectivamente) do ano de 2022.

Os cinco principais grupos nas exportações do agronegócio paulista e que representaram 79,3% das vendas foram:

  • Complexo sucroalcooleiro: US$ 8,24 bilhões
  • Complexo soja: US$ 3,31 bilhões
  • Setor de carnes: US$ 2,55 bilhões
  • Produtos florestais: US$ 2,24 bilhões
  • Grupo de sucos: US$ 1,79 bilhão

As exportações do agro de São Paulo representaram 16,4% do agronegócio brasileiro, alta de 0,4 ponto percentual ante mesmo período de 2022.

 

Fonte: Canal Rural / Foto: Divulgação Faesp

Compartilhe: