Notícias

Entidades criam plano para melhorar chegada ao porto de Santos.

1663 - Sindicamp

Na sexta-feira (14/02), a Artesp apresentou o novo “Plano de Ação Integrada de Prevenção e Contingências Operacionais” para as principais rodovias de acesso ao Porto de Santos. O plano define quais ações devem ser tomadas para garantir a fluidez de tráfego sempre que for observada alguma restrição, além de estabelecer quando as ações devem ser postas em prática e os responsáveis por cada ação.
O documento é resultado de reuniões e debates realizados com a Secretaria de Logística e Transportes, a PMRv, a Concessionária Ecovias, as Prefeituras de Santos, Guarujá e Cubatão, a CODESP, os terminais portuários, empresas dos polos industriais e pátios reguladores do Porto.
Segundo o plano, a Ecovias ficará responsável por acionar o plano sempre que necessário e comunicar os responsáveis para que as ações sejam postas em prática. Cabe a cada responsável definir seu planejamento interno e detalhar como irá colocar em prática suas ações.
Foram previstos 29 pontos de restrições no Polo Industrial de Cubatão, nos Terminais Portuários e nas Margens Direita e Esquerda do Porto. Entre as medidas previstas está o monitoramento constante do trânsito no Trevo de Cubatão com sinalização especial e desvios alternativos em caso de necessidade; intensificação da fiscalização para evitar bloqueios dos acostamentos e de faixas em pontos onde essas ocorrências são frequentes na Rodovia Cônego Domenico Rangoni; monitoramento do acesso a Santos entre o km 64 e o km 63 da Via Anchieta com possibilidade de liberação pela PMRv, em caso excepcionais, dos acostamentos para utilização de veículos com destino a Santos.
Conforme comunicado da Artesp, o plano será posto em prática imediatamente com foco no período de escoamento da safra de grãos e nos próximos feriados. Todos os envolvidos receberão diariamente um boletim com dados das ocorrências do dia e previsões de volume de tráfego, operações especiais e clima para as próximas 24 horas. Com isso, os órgãos poderão preparar as operações e medidas previstas para o dia seguinte.
Fonte: O carreteiro.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Scroll Up