Notícias

Crescimento do e-commerce brasileiro potencializa o setor de logística do país

O mundo nunca mais será o mesmo após a pandemia. E neste sentido, muitos setores da economia se reinventaram com extrema rapidez, desenvolvendo alternativas disruptivas para sobreviver a esta transformação. Segundo o indicador Mastercard SpendingPulse, o crescimento do e-commerce no Brasil foi de 75% em 2020 comparado ao ano anterior, com faturamento da ordem de R$ 87,4 milhões. Esse salto aconteceu principalmente depois do isolamento social provocado pela pandemia do coronavírus, com limitação do tráfego de pessoas e períodos de fechamento das lojas físicas e shoppings.

Este cenário impactou diretamente o setor de logística, e fez com que o segmento tivesse que se adaptar para atender um número muito maior de pedidos, com uma capilaridade muito mais ampla, em diversos novos canais de entrega, exigindo várias transformações e melhorias nos operadores, principalmente nos rodoviários, que são os responsáveis por endereçar os produtos nos centros urbanos, além de transportar aproximadamente 60% dos bens produzidos no Brasil.

Sempre atenta às transformações e tendências mundiais de mercado, a BBM Logística, um dos maiores operadores logísticos do modal rodoviário do Mercosul e recentemente reconhecida pelo Financial Times como uma das companhias de Crescimento Mais Rápido nas Américas em 2021, criou novas linhas de negócio para atender seus clientes da melhor forma possível (tanto em relação ao prazo quanto à confiabilidade no trajeto e entrega – “track & trace”).

Além disso, a companhia também realizou um massivo investimento em tecnologia e pesquisa operacional, que aumentou sua eficiência na gestão dos ativos existentes e sua conexão em tempo real com os clientes, destinatários e parceiros.

Com a maior complexidade nos processos de produção e distribuição focada em Omnichannel, as soluções logísticas da companhia oferecem um maior controle sobre a operação, com base nos conceitos end-to-end (E2E), ou seja, operando desde o inbound da matéria-prima para a indústria até a entrega ao consumidor final (logística last mile) atendendo todos os canais de venda, como uma empresa totalmente focada no consumidor, gerando soluções inovadoras.

Esse perfil de atuação foi ampliado em dezembro de 2020, quando a BBM Logística adquiriu a Diálogo, especializada em entregas de pequenas encomendas (de até 10 kg) e a transformou no seu braço de e-commerce. A Diálogo registrou 2,2 milhões de entregas no primeiro trimestre de 2021, aumento de 83% na comparação com o mesmo período em 2020. Dentre os principais cases de sucesso da empresa no e-commerce está o Paquetá – The Shoe Company, companhia que atua no mercado há 76 anos, com quase mais de 120 lojas espalhadas pelo país, sendo 67 delas no formato de hubs. Neste contexto, o serviço shipment from store vem crescendo significativamente, com um aumento de 400% (do segundo trimestre de 2020 para o mesmo período de 2021) e de 2 mil % (se compararmos o primeiro trimestre de 2020 com o primeiro trimestre de 2021). A partir da parceria com a BBM Logística, a Paquetá conseguiu reduzir o tempo médio de entrega ao cliente de três dias para apenas um dia.

“Enquanto as entregas normais levam, em média, dois dias úteis do momento do pedido do cliente à loja até o recebimento da mercadoria em casa (por envolver a passagem por centros de distribuição), com o SFS o produto é recebido em até um dia útil”, sinaliza Ricardo Hoerde, Diretor de Ecommerce da BBM.

Segundo Marcos Gomes, Gerente Executivo de Negócios Digitais e Omnichannel da Paquetá e parceiro da Diálogo Logística desde 2015, o comportamento do cliente vem mudando rapidamente nos últimos anos e com isso as empresas e o ambiente de negócios necessitam evoluir e se adaptar na mesma velocidade. “Os hábitos de consumo foram impactados nos últimos anos e os clientes buscam cada vez mais conveniência e praticidade para atender suas necessidades e desejo de consumo. Nesse contexto, a Paquetá tem buscado se adaptar à nova realidade e a evoluir na forma de se relacionar com nossos clientes e fazer negócios”, explica Gomes.

“Neste contexto, contar com bons parceiros é parte importante do sucesso dos nossos negócios e a Diálogo tem nos apoiado e crescido conosco desde 2015. Essa parceria nos permitiu oferecer soluções de last mile desde entregas padrão até nos apoiar no modelo de venda online ou direto de loja física, com faturamento e envio dos pedidos direto da loja (ship from store), modalidade que vem crescendo desde que foi implantada no final de 2020. Assim podemos oferecer diversas opções de entregas aos nossos clientes, com serviço confiável e reduzindo o tempo desde a compra até a entrega final”, conclui o executivo da Paquetá.

“Do ponto de vista do consumidor, mais do que nunca, há a busca por uma experiência de compra bem-sucedida e completa e isso inclui o transporte e o recebimento da mercadoria. No caso do e-commerce, por exemplo, não basta o cliente ter uma ótima navegação dentro do site ou outro canal de compra se o produto chegar fora prazo estimado, com avarias ou em uma configuração diferente do que foi adquirido. Embora esse fundamento sempre tenha sido um dos pilares da logística, hoje ele é ainda mais visível, fundamental e complexo”, explica Ricardo Hoerde, fundador da Diálogo e Diretor de E-commerce da BBM.

André Prado, CEO da BBM, acredita que embora seja inevitável reconhecer que vivemos um boom do e-commerce nesses últimos meses, dado o contexto imposto pela covid, essa demanda se manterá aquecida uma vez que tanto as indústrias como as empresas de serviço têm buscado chegar cada vez mais próximas dos seus consumidores finais. “A logística é fundamental para as operações do e-commerce, porque representa a finalização do ciclo de venda. O consumidor online quer ter uma experiência de compra fácil e eficiente e estruturamos nosso portfólio de serviços para atendê-lo”, finaliza o executivo.

Fonte: A tarde

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email