Notícias

CNT ASSINA MANIFESTO EM DEFESA DO STF

A CNT (Confederação Nacional do Transporte) assinou manifesto em defesa do STF (Supremo Tribunal Federal) entregue ao presidente da Corte, Dias Toffoli, nessa quarta-feira (3). O documento foi subscrito por 161 organizações representativas da sociedade civil.
O texto repudia os recentes ataques direcionados ao “guardião da Constituição da República” e sustenta que a “discordância, a crítica civilizada e o diálogo são inerentes à democracia”, mas que os discursos de ódio e de violência desarmonizam a sociedade e a colocam contra o Supremo.
O documento afirma que a Suprema Corte é insubstituível para o país e é dever de todos a sua defesa, uma vez que, sem ela, nenhum cidadão está protegido. “Reafirmar a importância do STF é defender a Constituição e as garantias da cidadania nela contidas. A democracia e a convivência solidária não permitem um retrocesso institucional”, destaca o documento.
O manifesto registra ainda que a Corte é indispensável para a construção de um país cada vez mais “justo, solidário e responsável no presente dos brasileiros e brasileiras e as gerações futuras”.
Leia a íntegra do manifesto
Manifesto em apoio ao Supremo Tribunal Federal
Representantes da sociedade civil que subscrevem este documento vêm a público reafirmar seu apoio ao Supremo Tribunal Federal, STF, e repudiar os ataques contra o guardião da Constituição da República. A harmonia e a independência entre os Poderes da República são a materialização dos desejos de segurança, liberdade, igualdade e prosperidade do povo brasileiro. Diante da crise e do desemprego que nos assola, o povo clama pela retomada do desenvolvimento econômico com mais emprego, justiça social e segurança.
O Supremo Tribunal Federal é a instância máxima da Justiça brasileira, garantidor maior dos direitos dos cidadãos, as liberdades de imprensa, de religião e de expressão, sem as quais não se constrói uma Nação. A Suprema Corte é insubstituível para o país e é dever de todos a sua defesa, pois, sem ela, nenhum cidadão está protegido. Dentro do Estado de Direito, todos se submetem ao império da lei, respeitadas as garantias constitucionais.
A discordância, a crítica civilizada e o diálogo são inerentes à democracia, tal qual o respeito e, em última instância, a solidariedade. Por isso, são inadmissíveis os discursos que pregam o ódio, a violência e a desarmonia na sociedade e contra o Supremo Tribunal Federal. Reafirmar a importância do STF é defender a Constituição e as garantias da cidadania nela contidas. A democracia e a convivência solidária não permitem um retrocesso institucional.
Com este manifesto, convidamos a sociedade brasileira a defender o Supremo Tribunal Federal como instituição permanente, estável e indispensável para a construção de um país cada vez mais justo, solidário e responsável no presente dos brasileiros e brasileiras e as gerações futuras.
Fonte: Agência CNT de Notícias.
 

Compartilhe:

Receba nossa newsletter!

Fique por dentro das novidades do setor.

© 2022 – Sindicato das Empresas de Transportes e Cargas de Campinas e Região – SINDICAMP – Todos os direitos reservados | Desenvolvido por PrinciWeb