Notícias

Campinas gera 4 mil empresas no 1º semestre, emplaca alta de 59,6% e segue tendência de recuperação na pandemia

Foto: Reprodução/EPTV

Negócios que deram baixa na Jucesp também cresceram no período de janeiro a junho de 2020 e 2021, alta de 46,7%. Veja os setores mais impactados

O primeiro semestre de 2021 terminou mantendo a tendência de recuperação na economia de Campinas (SP) em meio à pandemia da Covid-19. Dados da Junta Comercial do Estado de São Paulo (Jucesp), apontam 4.085 empresas abertas em seis meses, alta de 59,6% no período, considerando novos negócios diante de boas oportunidades, mas também aqueles gerados como alternativa ao desemprego.

Todos os meses de 2021 superaram os números do ano passado, com destaque para 771 companhias constituídas em fevereiro. Veja os balanços mensais no gráfico abaixo:

whatsapp image 2021 08 23 at 16.38.14 - Sindicamp

 Fonte: Jucesp

Em entrevista ao G1, o economista e professor da PUC-Campinas, Roberto Brito, analisa que o ritmo elevado de geração de novas empresas deve ser entendido como positivo, pois há setores da economia retomando seu curso. Mas as ações de reabertura de negócios esbarram na dificuldade de uma recolocação das pessoas no mercado de trabalho.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email