Notícias

Amazon estuda enviar encomendas antes do cliente efetuar o pedido.

Untitled 1%20copy - Sindicamp

O site de compras Amazon está planejando promover uma revolução no e-commerce com um sistema antecipatório de logística.
Detentora de dados de pagamento de milhares de pessoas, a companhia pode futuramente utilizar essas informações para efetivar pedidos de produtos que ela acredita que clientes tenham interesse antes mesmo de clicar no botão Comprar.
Neste mês, a Amazon já registrou uma patente do “envio antecipatório”. O sistema permite que a loja possa enviar encomendas para regiões onde acredita que haja interesse em um determinado produto. Desta forma, será possível reduzir drasticamente o tempo de entrega e ganhar vantagem em relação aos seus concorrentes. A iniciativa será implementada nos Estado Unidos, ainda sem data prevista.
Para a Amazon saber que o cliente provavelmente tem interesse no artigo mesmo antes de depositá-lo no carrinho virtual ela se baseará em buscas e compras anteriores, listas de desejos e até quanto tempo o potencial comprador fica passando o cursor do mouse sobre um item. Assim, a empresa poderá empacotar e enviar produtos de acordo com o que acredita que o cliente tem potencial de comprar, mesmo sem ele de fato clicar no botão para fechar o pedido.
Os produtos serão despachados dos armazéns para Centros de Distribuição espalhados pelos Estados Unidos. Caso haja desistência ou a compra não seja efetuada, o produto poderá ficar armazenado no hub, caso outro cliente em uma área relativamente próxima se interesse pela compra.
A companhia já espera um aumento na quantidade de entregas em endereços errados ou estornos, porém, inicialmente, ela deve começar enviando presentes promocionais para os clientes, visando estabelecer e fortalecer uma boa reputação.
Fonte: Transporta Brasil.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Scroll Up