Notícias

Acidentes em rodovias caem 6% em 2020; caminhões representam 17,6%

De todos os acidentes em rodovias federais do País registrados em 2020, 17,6% envolveram caminhões. Além disso, das 63.447 ocorrências, 51.865 (81,74%), tiveram vítimas.

Os dados foram divulgados na tarde desta segunda-feira (1) pela Confederação Nacional do Transporte (CNT). Juntamente com a Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Ou seja, o número de acidentes nas rodovias federais em 2020 foi 6% menor que as 67.427 ocorrências registradas em 2020. Além disso, o custo gerado por esses acidentes é estimado em R$ 10,22 bilhões. .

De acordo com a CNT, os acidentes envolvendo ônibus representaram 1,5% do total. No acumulado de 2007 a 2020, foram registrados 1.852.438 acidentes nas rodovias federais do País.

Diretor-executivo da CNT, Bruno Batista diz que a queda em 2020 está relacionada com a pandemia da covid-19. Segundo ele, isso porque houve uma queda abrupta do movimento das estradas.

“Depois, o movimento foi se recuperando, sobretudo, o de caminhões”, de acordo com Batista. “Mas, mesmo assim, o ano fechou com queda no número de viagens”, diz.

De acordo com, o levantamento da CNT e PRF, a colisão foi o tipo mais frequente de acidente. Nesse sentido, houve 30.804 ocorrências, que representam 59,4% do total.

Em seguida aparecem os atropelamentos (17,4%). Depois vêm as saídas de pista (12,8%) e os tombamentos (5,8%). Segundo o levantamento, queda de ocupantes do veículo, derramamento de carga e incêndio, entre outros, completam a lista.

A rodovia federal com maior número de acidentes em 2020 foi a BR 101. Segundo os registros, houve  8.715 ocorrências. Em seguida vem a BR 116, com 7.397 acidentes.

Batista lembra que essas são as rodovias mais extensas do Brasil. Isso explica, ao menos em parte, o maior número de acidentes.

A BR 101 liga Touros, no Rio Grande do Norte, a São José do Norte, no Rio Grande do Sul. No total, são 3.768 km de extensão.

Já a BR 116 começa em Fortaleza e termina em Jaguarão, no Rio Grande do Sul, na fronteira com o Uruguai. São 4.486 km de extensão.

Assim também como é mais longa, a BR116 é a que tem o maior número de mortes. Em 2020, portanto, 690 pessoas morreram em acidentes na rodovia..

Acidentes por região em 2020

Região Número de acidentes  Acidentes com caminhões
Sudeste 19.155  18,6%
Sul 18.561  16,3%
Nordeste 13.856  17%
Norte 3.881  16,6%

Fonte: CNT/PRF

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email